mensagens espirituais de auto ajuda para os seus momentos de meditação

 

 

 

 

   

   
         

 

         

 

 

 

 13 - O SUCESSO NA VIDA

   Ter sucesso na vida é o que todos os seres humanos almejam, desde criança.

   E o que é ter sucesso na vida?

   Para respondermos a esta pergunta, precisamos analisar muitos e muitos aspectos que envolvem a criatura.

   Alguns vêm o sucesso na vida decorrente do acúmulo de riqueza.

   Outros consideram ter sucesso na vida aquele que conquista o poder, nas suas mais variadas formas.

   Outros ainda consideram sucesso na vida para aqueles que conseguem se tornar populares, conhecidos mundialmente.

   E vós, como entendeis o sucesso na vida?

   Vejam: nosso querido Mestre Jesus é com certeza a criatura mais conhecida e procurada da face da Terra, em todos os tempos e afinal quem foi Ele enquanto esteve encarnado entre nós. Onde nasceu? Na Judéia, numa casa humilde, na manjedoura, assim conta a história. E seus pais, quem eram e o que faziam, como viviam antes e depois do seu nascimento?

   Há várias versões de histórias sobre eles.

   Jesus foi uma criança igual às outras crianças da sua época? Quando começou a andar, a falar, onde estudou as primeiras lições? O que gostava de fazer, qual era a sua comida predileta? Quando criança era alegre ou triste, magro ou gordo, era calmo ou nervoso, gostava de falar ou era quieto, era estudioso ou preguiçoso?

   Afinal Ele era um ser humano como vós, com virtudes e defeitos.

   Conforme podeis observar, é quase impossível responder a essas perguntas, pois pouco se sabe ao certo sobre Ele como ser humano, nas várias fases de sua vida.

   Sobre seus pais também ficamos praticamente nas suposições. Ele teve irmãos homens ou mulheres? Se os teve, por onde andaram e o que faziam? Casaram, tiveram filhos, Ele teve sobrinhos? E como ficou Sua família, para onde foram e como viveram?

   Sabemos ainda pelas informações, muitas vezes “deturpadas”, que Jesus andou por muitos lugares e fez muitas obras extraordinárias. É hábito chamá-lo Jesus Cristo, afinal era esse o Seu nome? Ou era Jesus apenas. E então porque Cristo?

   Para todos vós encarnados, as respostas que ireis encontrar para estas e para inúmeras outras perguntas que forem feitas sobre nosso Mestre Jesus, serão sempre “incompletas” e quase sempre “revestidas” de um alto grau de “misticismo” e “mistério”.

   Hoje graças à busca do conhecimento mais elevado, pelas milhares e milhares de criaturas encarnadas, cansadas de serem submetidas aos dogmas e farsas religiosas, a verdadeira história do Grande Mestre Jesus está, pouco a pouco, sendo revelada.

   Por exemplo, a explicação sobre o nome Jesus Cristo, sempre mantido sob uma aura de mistério, já é do conhecimento de muitos iniciados no Espiritualismo que na verdade são duas criaturas: Jesus e Cristo.

   A partir de um certo momento de sua vida como encarnado Jesus passou a receber a orientação da Entidade Espiritual elevadíssima de nome Cristo, que foi o escolhido pelo Pai Altíssimo para trazer a Terra a Sua Mensagem, na tentativa de se modificar o comportamento da humanidade de então, mergulhada que se encontrava nos vícios de toda a espécie, na guerra entre irmãos, na discórdia, no egoísmo.

   Foi acertado antes da sua reencarnação, que Jesus seria “guiado” pelo Elevado Mestre Cristo, tendo sido longamente preparado para a Divina Missão na Terra.

   Desse modo, Jesus pode desenvolver uma vida muito equilibrada, harmoniosa, santa, pois desde seus pais, antes do seu nascimento, tudo foi preparado para que assim se realizasse Sua estada entre os encarnados.

   Por esse motivo, ao chegar a idade adulta, Jesus estava na sua plenitude espiritual para transmitir aos seus irmãos encarnados a Mensagem Divina na sua mais pura essência.

   Muitos o entenderam e o seguiram, muitos outros o enfrentaram, na tentativa de desmenti-lo e destruí-lo.

   E o que conseguiram: que Seu nome e a obra que realizava fosse chegar aos ouvidos dos governantes que, temendo-o como um inimigo, um rival político, o espoliaram e o sacrificaram até a morte.

   Essa foi a vida do Mestre Jesus, em linhas gerais, enquanto esteve encarnado na Terra.

   Perguntamos: vivendo em um pequeno ponto do planeta, sendo o que foi e tendo sido perseguido da maneira como foi, numa época quando os meios de comunicação eram muito precários e se levava meses para receber notícias de um ponto mais distante, como pôde nosso querido Mestre Jesus se tornar tão conhecido por todos?

   Essa popularidade foi o resultado da comunicação “boca-a-boca” daqueles que o conheceram para seus descendentes e assim por diante?

   Considerando que durante um milênio e meio a expectativa média de vida não passava dos quarenta anos, teríamos algo em torno de oitenta a cem gerações, no espaço de mil e quinhentos anos e nos últimos quinhentos anos, mais umas duzentas gerações, o que totalizaria algo em torno de trezentas gerações, desde que Jesus aqui viveu.

   Pois bem, esse número de gerações descendentes nos mostra algo “impossível” de se controlar, quanto mais a certeza das informações sobre uma determinada criatura, tão distante dos nossos dias.

   Assim mesmo Jesus continua sendo a criatura mais conhecida e mais respeitada, dentre todos os que por aqui passaram, como encarnados.

   Podeis perceber que, ao escolhermos nosso Mestre Jesus para exemplificarmos o tema sobre o sucesso na vida, foi nossa intenção demonstrar a todos vós, que existe algo muito superior a qualquer definição que possamos dar ao esperado sucesso na vida.

   Com certeza, aquele que fizer uma análise simplista, bem material, do que é e como ter sucesso na vida poderá tentar buscar no exemplo de Jesus a fórmula mágica para ter sucesso na vida, pois Ele apresenta todas as respostas imediatistas à criatura exclusivamente materialista.

   Agora, sob o ponto de vista estritamente espiritual, nosso Grande Mestre Jesus é nosso modelo, nosso Irmão Maior, aquele que nos serve de modelo em todos os momentos de nossa vida enquanto encarnados e, acreditai, também para nós desencarnados.

   Ele é o nosso modelo eterno de sucesso na vida da matéria e na vida espiritual, com quem nos espelhamos, buscando sempre, a todo momento, o alimento mais puro, mais elevado, para conquistarmos o nosso crescimento espiritual.

   O sucesso na vida pode ser definido, do ponto de vista mais elevado, espiritualmente falando, como a condição que a criatura alcança durante sua permanência neste planeta, agindo sempre sob os ensinamentos do Pai, os quais se resumem nos seus dez mandamentos e mais, procura sempre o caminho da harmonia, da paz e do desenvolvimento espiritual, em todos os atos e atitudes por que passa, durante toda a vida.

   É perfeitamente compreensível que sendo ainda este orbe o ponto onde devemos permanecer encarnados, com o objetivo de nos ajustarmos dos erros que cometemos no passado e nos modificarmos para crescermos em nossa caminhada espiritual, não nos será muito fácil vivermos uma vida inteira sem cometermos falhas, atos menos harmoniosos, enfim errarmos um pouco para nos ajustarmos depois.

   Mesmo que a nossa vida tenha esses altos e baixos, se procurarmos nos elevar, deixando de lado aquilo que nosso coração entender não ser o melhor, ser um obstáculo para o nosso progresso, com toda a certeza estaremos permitindo que os nossos caminhos se abram para uma vida verdadeira, de fé, de harmonia e paz, voltada essencialmente para a vontade do Pai.

   Essa será a verdadeira conquista do sucesso na vida para nós, para os que estiverem ao nosso lado e ao nosso redor.

   Meditem sobre esta nossa mensagem e procurem agir de modo a buscar o verdadeiro sucesso em suas vidas.

   Obrigado.

   Martinho Lutero

   Psicografado por Franco Zucca em 14 de junho de 1995  

 

HOME    SALVAR OU IMPRIMIR O TEXTO em .PDF    PRÓXIMA MENSAGEM

         

 

        
   

 

 

 

 

www.espiritualmente.com.br

direitos autorais reservados - copyright 2008 / 2012

design compatível para Desktop - Ultrabook - Notebook - Netbook - Tablet - Smartphone