mensagens espirituais de auto ajuda para os seus momentos de meditação

 

 

 

 

   

   
         

 

         

 

 

 

30 - A ERA DOS SETE RAIOS - ERA DE AQUÁRIO

ENSINAMENTOS DE SAINT-GERMAN - ABERTURA

        Os Avatáres:

      No Oriente: nome dado às diversas encarnações de Seres altamente evoluídos, considerados deuses.

     No Ocidente: transformações, metamorfoses, transmutações, pessoas que se propõem a mudanças interiores as quais se revelam em suas atitudes para com a humanidade. São altamente evoluídos.

     Muito se tem falado e escrito sobre os Grandes Avatáres que serviram a humanidade. Em ciclos de dois mil anos, eles vão surgindo e realizando o seu trabalho. Tentam tirar o ser humano do seu estado de obscurantismo.

       Um Ciclo Cósmico:

     14.000 anos divididos em ciclos menores de 2.000 anos cada. Predominância de um dos Sete Raios em cada ciclo de 2.000 anos.

      Jesus, o Avatár da Era de Peixes:

      Final deste 6º Ciclo de 2.000 anos.

      Iniciou este passar de um Ciclo para o outro em Maio de 1954.

      Neste 7º Ciclo de 2.000 anos:

      Regente deste Ciclo - Saint Germain (O Conde).

      Auxiliado por Jesus e outros Mestres da Grande Fraternidade Branca.

      É o Ciclo do 7º Raio Violeta, da Cura e Transformação.

      Os Avatáres da nova era ou Era de Aquário estão espalhados pelo mundo.

      Eles criam formas pensamento de Paz, Harmonia, Trabalho e Fraternidade para todo o Planeta.

      Suas filosofias ou crenças podem ser diferentes, pois não se prendem a dogmas; são livres.

     A característica comum a todos eles é justamente a União e a Responsabilidade com seu Cristo interno e com o Serviço Altruísta junto a todos os Seres deste Planeta.

     Atendem fielmente, o verdadeiro ensinamento deixado por Jesus: "Amai-vos uns aos outros como o Pai nos ama". Como pássaros de mesma plumagem eles sempre voam juntos.

      São encontrados em postos avançados da Grande Hierarquia Divina e Humana de Luz.

     Eles sabem respeitar todas as Crenças, pois reconhecem o mesmo Deus que habita em todos os corações.

    Na Cosmovisão Andina, citada dentro do livro:"21 Mulheres atendem ao chamado do Ancião", encontramos o trecho que revela bem as características destes Avatáres da Era de Aquário.

       Ensinamentos de Saint Germain:

      A Vida, em todas as atividades, onde quer que ela se manifeste é DEUS EM AÇÃO. É por falta de conhecimento na forma de aplicar o pensamento­sentimento, que os humanos estão sempre interrompendo em si próprios a passagem da Essência da Vida. Não sendo por essa razão, a Vida expressaria sua perfeição com toda a naturalidade e em todas as partes. A tendência natural da Vida é Amor, Paz, Beleza, Harmonia e Opulência. A ela é indiferente quem a usa, e continuamente está surgindo para manifestar mais e mais sua perfeição, e sempre com esse impulso vivificador que lhe é inerente.

                                                       "EU SOU"

       "EU SOU" é a atividade da Vida.

       É estranho que os estudantes mais sinceros nem sempre chegam a captar o verdadeiro significado dessas palavras!

       Quando dizeis "EU SOU", sentindo, abris a fonte da Vida Eterna para que ela corra sem obstáculos ao largo de seu curso; em outras palavras, abre-se ampla porta com seu fluxo natural.

       Quando dizeis "EU NÃO SOU", fechais a porta em pleno rosto desta Magna Energia.

       "EU SOU", é a atividade plena de Deus.

       Tenho vos colocado frente a frente, infinidades de vezes, a Verdade de "DEUS EM AÇÃO".

       Quero que compreendais que a primeira expressão de todo ser individualizado, em qualquer parte do Universo, quer seja em pensamento, sentimento ou palavra, é "DEUS EM AÇÃO", reconhecendo assim sua Própria Vitoriosa Divindade.

      O estudante, ao tratar de compreender e aplicar estas forças, ainda que simples leis, tem que manter uma guarda estreita sobre os seus pensamentos e suas expressões, já que cada vez que um pensa e diz "não sou", "não posso", ou "não tenho", está sufocando a Magna Presença interior, consciente ou inconscientemente, em forma tão tangível como se se colocasse as mãos ao redor do pescoço de alguém; somente que, com respeito a uma forma exterior tendo o pensamento a governar as mãos, pode fazer com que as mãos o solte em qualquer momento; entretanto quando faz uma declaração de "não ser", "não poder" ou "não ter", põe em movimento a energia ilimitada que continua atuando até que ele mesmo dê o corte e transmute a ação. Isto vos mostrará o enorme poder que tendes para qualificar, determinar e ordenar a forma que quereis que atue a grande energia de Deus.

      Amado estudante, afirmo que a dinamite é menos perigosa. Uma carga de dinamite só desintegrará seu corpo; entretanto, os pensamentos ignorantes lançados sem controle nem governo, atam a roda de reencarnações indefinidamente(1), ou seja, enquanto dura um decreto sem cortar, sem transformar ou dissolver, continua imperando por séculos e séculos, e por disposição do próprio indivíduo. Por isso vereis quanto é importante que saibais o que estais fazendo quando usais expressões incorretas mesmo impensadamente, já que estareis empregando o mais potente e Divino Princípio de Atividade no Universo, ou seja, o "EU SOU". Não compreendais mal. Não se trata de uma expressão ou ideia, oriental, estrangeira, vã, leviana, nem estamos exagerando. Se trata, nem mais nem menos, do mais alto Princípio de Vida, usado e expressado através de todas as civilizações que têm existido. Recorde que a primeira expressão de toda a forma de vida consciente de si mesma é "EU SOU". É muito mais do que "eu existo". E depois, em seu contato com o exterior, com atividades incorretamente qualificadas, que ele começa a aceitar coisas menores que "EU SOU".

      Agora veja, Amado discípulo, que quando dizeis "eu estou enfermo" estais deliberadamente invertendo a perfeição natural que encerra o processo vital. Não vedes que o estais batizando com algo distante que jamais possuístes?

(1) A humanidade deve ser informada que os habitantes das cidades morrem e reencarnam em um mesmo local muitas vezes, porque formaram laços que os atraem de novo ao mesmo ambiente.

       O estudante que tem de reencarnar deve dar a seguinte ordem: "a próxima vez nascerei em uma família de grande luz". Isto lhe abrirá a porta com grande rapidez em seu progresso.

       Através de séculos de ignorância e incompreensão, a humanidade tem se carregado de falsidade e irrealidade toda a atmosfera que a rodeia, pois não tenho que repetir que quando anunciais "estou doente" é uma mentira flagrante com respeito a Divindade. Ela (EU) jamais pode ser senão Perfeita e cheia de Vida e Saúde.

      Amado estudante, peço-vos, em nome de Deus, que cesseis de repetir essas expressões falsas a respeito de vossa Divindade, pois é impossível que tenhais liberdade se continuais expressando-as. Nunca será demasiado repetir: - quando realmente reconhecerdes e aceitardes a Poderosa Divina Presença de Deus "EU SOU" em vosso interior, positivamente, categoricamente, não tereis mais condições adversas.

      Em nome de Deus suplico-vos que cada vez que vos encontreis começando a dizer ou a comentar que estais doente, pobre, ou em outras situações adversas, instantaneamente inverteis a condição fatal para vosso progresso, e declareis mentalmente, porém com toda a intensidade de vosso "EU SOU", que Ele é todo saúde, opulência, felicidade, paz e perfeição.

      Deveis cessar de dar poder às condições exteriores, as pessoas, lugares e coisas.

      O "EU SOU" é o poder de reconhecerdes a Perfeição em cada um e em todas as partes.

    Quando pensais na expressão: "EU SOU", significa que vós sabeis que tendes Deus em Ação manifestando-se em vossa vida.

      Não permitais que as falsas apreciações e expressões continuem a vos governar e limitar.

      Deveis recordar constantemente: "EU SOU", por conseguinte sois Deus em Ação.

     "EU SOU" Vida, Opulência, Verdade, já em manifestação. Assim, recordando-vos desta Presença Invencível, mantendes a porta aberta para que ELA (a Presença "EU SOU") cubra a vossa manifestação exterior em toda a Sua Perfeição.

      Por Deus, não creiais que podeis continuar usando decretos errados e que de alguma maneira vão se endereçar e ireis manifestar coisas boas, porque é impossível que isso suceda.

      Nos rebanhos usam ferros para marcar com fogo as rezes. Quisera poder marcar-vos com um ferro para fixar em vossa consciência "EU SOU", e que nunca pudestes apartar-vos do uso constante da Presença Poderosa e Gloriosa de Deus que sois. Enquanto qualquer condição menos perfeita apareça em vossa experiência, declarai veementemente que não é verdade.

      Que vós só aceitais Deus, a Perfeição, em vossa vida. Cada vez que aceiteis as falsas aparências, tê-las-ás expressadas e manifestadas em vossa vida, em vossas experiências. E não se trata de que vós acrediteis ou não no que digo. ISTO É UMA LEI. Comprovada através de séculos e séculos de experiência.

      Entregamos a vós para vos libertardes.

      Sabeis que o mundo ocidental gosta de enganar-se com a ideia de que basta com o não crer e não aceitar a antiga ideia oriental de bruxaria, para estar liberta dela. A bruxaria não é senão o mal uso dos poderes espirituais, os mesmíssimos que usamos para o bem. A pior classe de bruxaria é usada hoje pela política, com o uso do poder mental mal qualificado. Se esta mesma tremenda força for usada em sentido inverso, ou seja, para recordar que a Ação de Deus está em cada pessoa que ocupa uma posição oficial àquele que a usa nesta forma, não somente se libertaria, a ele mesmo, como também, o mundo político seria preenchido com liberdade e justiça e viveríamos já em um mundo natural onde a Ação de Deus imperaria em todo momento. Como foi no Egito é hoje. Aqueles que usam mal o poder mental atam, a eles mesmos, a desarmonia, encarnação após encarnação.

      Fazei vós o propósito: "Eu não aceito nem adoto condições do ambiente alheio nem de nada que me rodeia. Somente de Deus, do Bem, de meu "EU SOU"". Necessitais adquirir o hábito de governar vossa energia. Senão, sentai-vos várias vezes ao dia e aquietai-vos. Aquietai vosso ser exterior. Isto permite que vos suprais de energia. Deveis aprender a ordená-la e controlá-la. Se quereis que ela (vossa energia) esteja calma, ficai quieto. Se a necessitais ativa, ponde-vos ativo. Tendes que enfrentar as coisas e elevar-vos acima delas.

     O estudante deve estar alerta para reconhecer em si mesmo seus hábitos. Não deve esperar que alguém o diga. Deve examinar-se e cortar tudo o que não seja perfeito. A forma de fazê-lo é declarando - Não - para qualquer hábito indesejado. Logo, sendo EU criação de Deus, sou Filho de Deus Perfeito. Isto traz uma libertação que não é possível conseguir-se de nenhuma outra forma. Manter-se em velhos costumes é como vestir-se com roupa velha. Recorda: não deveis esperar que outro venha recordar-vos. Ninguém o pode fazer por vós; deveis fazê-lo vós mesmo. Neste trabalho, neste ensinamento e nesta radiação, todas as coisas velhas no indivíduo saem para serem consumidas.

     Antes de queixar-vos de cada coisa que experimentais em vós mesmo, e em vosso mundo, recordai que elas vêm para serem resgatadas, para serem transmutadas. Tende cuidado de não fixar a atenção naquelas coisas das quais quereis vos limpar. É ridículo estardes a recordar as coisas que não tiveram êxito. Não é algo maravilhoso que depois de séculos que estivestes construindo limitações para vós mesmo, possais em pouco tempo limpá­las e libertar-vos por meio de vossa própria atenção e esforço?

      Não vale bem a pena?

     A forma mais rápida de conseguir é usando humorismo. A sensação leve e sadia que dá o humor permite fazer maravilhosas manifestações.

      Se vos empenhais e invocais a Lei do Perdão, podeis consumir todas as criações más do passado com a chama Violeta Transmutadora e serdes livre. Deveis estar consciente de que a Chama Violeta é a ativa Presença de Deus atuando.

      Quando sentis um desejo de fazer algo construtivo, faça-o. Para consegui-lo empenhai-vos, mesmo que o céu venha abaixo. Mesmo que não vejais a manifestação não deveis vos preocupar. Mesmo quando os estudantes só conhecerem as coisas intelectualmente, sem tê-las experimentado, não devem permitir que a mente retroceda às condições más ou erradas, já que eles sabem que essas condições são nefastas. É incrível que as pessoas não dominem esse inimigo em suas mentes.

     Nenhum estudante pode triunfar até que deixe de regressar as condições negativas que está tratando de superar. O trabalho íntegro de um Mestre é o de tratar de fazer o estudante compreender o que significa aceitar aquilo com que o indivíduo está de acordo mentalmente; isso está aceito por ele. Se ele fixa sua atenção em uma coisa, estará se unificando com essa coisa. Estará identificando-se com aquilo, quer seja mau ou bom.

     Quando a mente aceita ou está de acordo com alguma coisa ou condição, o indivíduo está decretando aquilo em seu modo. Aquilo que escutais ou que meditais com atenção, estará sendo aceito, pondo-vos de acordo, identificando-vos, unificando-vos com aquilo em virtude de vossa atenção. Acreditais que um homem que vê uma cascavel enroscada, caminha deliberadamente até ela para que o ataque? Supõe-se que não. Pois isto é o que os estudantes fazem quando permitem que sua atenção regresse aos problemas. A atividade interior governa de acordo com o Plano de Perfeição. O exterior, quando o deixamos fazer, sempre governa erradamente. Quando uma imagem construtiva se ilumina em vossa mente, é uma realidade, e surge para a realidade sempre que vós a mantenhais em vossa lembrança. É possível estar tão consciente da própria Presença de Deus, que em qualquer momento se pode ver e sentir Sua radiação derramando-se sobre vós mesmo.

      O estudante deposita toda a confiança com relação as coisas desnecessárias do mundo exterior. Para tudo o que se deseja deve o estudante obrigar-se a ter a mesma confiança na Perfeição de Deus, da mesma forma que confia no mundo dos sentidos.

      Hoje estamos em uma nova Era de Luz. É um grande período de percepções internas da alma de cada um, onde o despertar espiritual chega revelando a palavra e o trabalho a ser feito.

      O Ciclo de 2.000 anos da Era de Peixes, governado pelo Sexto Raio e conhecido como a idade de Dispensação Cristã terminou; a Aurora de novo dia, através das vibrações do Sétimo Raio, já está sendo sentida nos corações cheios de esperança dos precursores desta Nova Era. Tenho comigo a visão deste Planeta livre no coração do Pai Eterno e, sinto a glória de cada ser humano em seu estado Crístico natural, conquistado através do poder de transmutação. Decreto ajudar a quem queira converter-se na Presença Perfeita de Luz, que é a intenção do Pai.

     Para poder conseguir isso "tenho chamado" meus amigos de séculos e com eles tenho repartido a visão na quantidade que eles podem assimilar, através de suas consciências. Decreto que manterei meus amigos investidos com a Túnica da Liberdade ao me ajudarem a obter o glorioso destino de nosso planeta e da humanidade.

      O trabalho do 7º Raio, para a evolução deste Planeta e dos Seres que aqui habitam, está no educar a própria consciência, adquirindo o poder no Invocar, Dirigir e Sustentar as Forças Espirituais, para o estímulo e avanço de toda vida em manifestação, sempre dentro da Luz do Grande Sol Central. Dentro desta influência do 7º Raio, o Reino Angélico encontra a possibilidade de captar e unir a sua Energia com os Reinos da Natureza e dos Humanos, para a dissipação mais rápida de toda a maldade que ainda reste no planeta. Desta harmoniosa união é possível criar caminhos de Paz, Saúde e Prosperidade, estados estes de Felicidade que pode ser desfrutado, agora, por todos na Terra.

      Que a Luz Divina ilumine a todos.

      Irmão Saint Germain.-

      Texto original "ditado" pelo espírito Irmão Saint Germain ao médium Joaquim Brand de Moraes

          

HOME                           SALVAR OU IMPRIMIR O TEXTO em .PDF       

         

 

        
   

 

 

 

 

www.espiritualmente.com.br

direitos autorais reservados - copyright 2008 / 2012

design compatível para Desktop - Ultrabook - Notebook - Netbook - Tablet - Smartphone